Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Logo 10 anos

Disciplinas: Ementas e Bibliografia

Updated at 01/30/17 14:49 .

 

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

Carga horária: 64 h. Créditos: 4

 

 

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA NO CONTEXTO EDUCACIONAL

Ementa: Desafios da Universidade e da Escola da Educação Básica na formação de professores que promovam a aprendizagem dos estudantes no contexto de diversidade e heterogeneidade educacional do país. Aspectos políticos, epistemológicos e pedagógicos da formação docente e a reflexão sobre as implicações destes aspectos na organização do processo educativo e no papel do professor de ciências e matemática em contextos diferenciados.

 

METODOLOGIA DA PESQUISA EDUCACIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

Ementa: Compreensão dos pressupostos teóricos da investigação científica da educação. O trabalho da investigação científica. Educação em Ciências e Matemática como campo profissional e científico. O movimento histórico das pesquisas qualitativa e quantitativa. Características e análise comparativa entre distintos métodos e técnicas de pesquisa qualitativa. Legitimidade nas investigações em Educação em Ciências e Matemática. Análises e interpretação de dados em pesquisas científicas em Educação em Ciências e Matemática.



DISCIPLINAS OPTATIVAS

Carga horária: 60 h. Créditos: 4

 

ABORDAGENS HISTÓRICAS E FILOSÓFICAS NA EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

Ementa: Relação entre o estudo das principais tendências em História e Filosofia das Ciências, e de seus fundamentos epistemológicos com as implicações destas ideias para o trabalho em sala de aula, e para a formação dos professores, buscando identificar, discutir, criticar e eventualmente incorporar suas contribuições na Educação em Ciências.
A ORGANIZAÇÃO DO ENSINO E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NA ESCOLA: CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO - CULTURAL
Ementa: Contribuições da psicologia histórico-cultural e da teoria da atividade, que tem como principais representantes Vigotski, Luria e Leontiev e outros, para a compreensão do processo de organização do ensino e a sua relação com a atividade pedagógica. Abordagem de aspectos históricos, filosóficos e epistemológicos que fundamentam esta abordagem psicológica e as suas implicações sobre as práticas educativas que acontecem na sala de aula.

 AS TICs NO ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

Ementa: Tecnologias e TICs: conceituação. Inserção e tratamento das tecnologias de informação e comunicação no ambiente educativo. A formação do professor de ciências e matemática quanto ao uso das TICs no processo de ensino e aprendizagem de suas s no ensino básico. Potencialidades e limitações do uso das TICs no ensino de ciências e matemática. Avaliação crítica de softwares e outras mídias utilizadas em ambientes de aprendizagem em ciências e matemática.

 

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA 

Ementa: A história da avaliação; análise da avaliação em sua articulação com os demais componentes do processo de ensino: objetivos, conteúdos, métodos, relação professor-aluno; a avaliação em larga escala; a avaliação como um processo contínuo de análise e acompanhamento do desempenho do aluno; o papel e a função da avaliação da aprendizagem no ensino; (re)leitura das práticas avaliativas vigentes nos diferentes níveis de ensino; análise e construção de instrumentos de avaliação da aprendizagem.

 

COMPLEXIDADE E TRANSDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

Ementa: Pressupostos epistemológicos, ontológicos e sócio-históricos que fundamentam a complexidade e a transdisciplinaridade a partir dos escritos de Gaston Bachelard e Edgar Morin. Reflexão crítica a respeito dos princípios que direcionam as mudanças no contexto da educação em ciências e matemática e suas relações com o pensamento complexo e a transdisciplinaridade.

 

CONHECIMENTO E DIVERSIDADE CULTURAL

Ementa: Diversidade Cultural e Ecologia de Saberes. Etnomatemática. O conhecimento como construção histórico-cultural. Educação e alteridade. Epistemologias do Sul. Transdisciplinaridade e interculturalidade. O conhecimento oriundo de distintos contextos socioculturais do mundo. Antropologia e imaginário. Educação escolar como prática de liberdade.

 

CONTEÚDOS ESPECÍFICOS DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA NO CURRÍCULO E EM LIVROS DIDÁTICOS

Ementa: Concepções de currículo. Diversas implicações pedagógicas da organização curricular. Análise do livro didático em ciências e matemática e suas dimensões políticas e pedagógicas. Conteúdos de ensino de ciências e matemática no currículo e em livros didáticos. O planejamento do professor de ciências e de matemática a partir da análise curricular e do livro didático.

 

ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS

 Ementa: Discussão acerca da conceituação dos diferentes sistemas educacionais: formal, não formal e informal. O conceito de alfabetização científica, letramento científico e o papel da divulgação científica nos diversos meios de comunicação, bem como a possibilidade de desenvolver os processos de ensino e de aprendizagem em ambientes não formais, particularmente em relação ao ensino de Ciências e Matemática. Reflexão sobre os fundamentos teóricos e metodológicos da educação não formal na área de Ciências e Matemática. Identificação, na abordagem de diferentes teorias da educação, dos aspectos que oferecem implicações à compreensão e promoção da aprendizagem em ambientes não formais.

 

EPISTEMOLOGIA

Ementa: A natureza do conhecimento científico. A perspectiva histórica da construção do conhecimento científico. Diferentes leituras da construção da ciência. Conhecimento cotidiano e conhecimento escolar. O debate epistemológico na formação inicial e continuada de professores de ciências e matemática. A importância do estudo da epistemologia na formação de professores de ciências e matemática.

 

FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Ementa: As questões educacionais e sócio-ambientais no cotidiano da sociedade contemporânea: dimensão ético-estética. O desenvolvimento humano e sistêmico e a compreensão da interligação dos espaços ambientais. A dimensão de complexidade da educação ambiental sob os aspectos teórico, científico, cultural, social e metodológico. Participação e comprometimento das comunidades nos processos decisórios no manejo ambiental em busca da construção coletiva de sociedades sustentáveis. Compreensão da questão ambiental como tema transversal para a construção da educação no Brasil.

 

DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA E AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS

Ementa: Estudos para uma reflexão crítica sobre o Sistema Educacional Brasileiro, em seus aspectos filosóficos, sociais, econômicos, culturais e legais, que orientam e normatizam as Educação Inclusiva no país e as relações étnico-raciais.

 

LABORATÓRIO EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

Ementa: Diferentes concepções sobre laboratório de ensino de ciências e matemática. Laboratório de educação em ciências e matemática e laboratórios de ciências e matemática. Do projeto à implantação de um laboratório em educação em ciências e matemática. Atividades e ações desenvolvidas em um laboratório de educação em ciências e matemática. As potencialidades pedagógicas de diferentes recursos didáticos em um laboratório de educação em ciências e matemática. A formação do pesquisador no laboratório de educação em ciências e matemática. Perspectivas para uma formação inicial do professor de ciências e matemática dentro de um laboratório de educação em ciências ou de matemática. 

 

O PAPEL DO LÚDICO NO ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

Ementa: Discussão das concepções teóricas e metodológicas sobre a atividade lúdica, em seus aspectos históricos, culturais, psicológicos e pedagógicos, tomando-se por base os referenciais da psicologia genética de Jean Piaget e da psicologia histórico-cultural de Vigotski. Abordagem os princípios metodológicos da aprendizagem lúdica no ensino de Ciências e Matemática.

 

SOCIOLOGIA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA E O ENSINO DE CIÊNCIAS

Ementa: Identificação, discussão e reflexão dos elementos teórico-metodológicos da abordagem Funcionalista da Sociologia da Ciência (SC) e de quatro abordagens da Nova Sociologia da Ciência (NSC), a saber, Programa Forte, Programa Empírico de Relativismo/Construção Social da Tecnologia, Teoria Ator-Rede e Administração Social dos Fatos e seus possíveis correlatos na Sociologia da Tecnologia. Compreensão do Conhecimento Praxiológico enquanto abordagem transversalista àquelas da SC e NSC. Articulação dos conhecimentos sobre tais abordagens com temáticas do ensino de ciências, tais como: a) linhas de pesquisa no ensino de ciências; b) Natureza da Ciência e Tecnologia; c) controvérsias sócio-científicas; d) argumentação; e) experimentação e laboratório e; f) alfabetização científico-tecnológica.

 

TEORIAS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

Ementa: Conceituação de Aprendizagem e das noções básicas das principais teorias de aprendizagem para análise de questões relativas ao ensino de Ciências e Matemática. Familiarização dos mestrandos com os enfoques teóricos relativos à Aprendizagem e ao Ensino, ajudando-os na construção do sistema de referência teórica para sua ação docente em todos os níveis, e na adoção de estratégias de ensino eficaz em prol de uma melhor aprendizagem.

 

EMENTAS COMPLETAS

 

 

 

List all Back